21 November, 2018

Para Refletir

darcy.png

A Gestão Ambiental é uma área de conhecimento relativamente nova e possui caráter multidisciplinar. Ela visa ordenar as atividades humanas para que estas originem o menor impacto possível ao meio. Empresas modernas e comprometidas com o desenvolvimento sustentável implantam um SGA como forma de controlar suas atividades.

Sistema de Gestão Ambiental é um método para gerenciar as questões ambientais de uma empresa. Trata-se de um sistema aceito internacionalmente como ferramenta eficaz para controle e melhoria continua do desempenho ambiental, tendo como fator chave a disseminação da responsabilidade ambiental por toda organização. Para uma empresa obter  uma certificação ambiental ISO 14001, é necessário antes que ela implemente um sistema de gestão ambiental que esteja em conformidade com a norma.  

A diferença entre Gestão Ambiental e Sistema de Gestão Ambiental está no modo como a empresa opera  suas ações em relação ao meio ambiente. Quando uma empresa opera com um nível de Gestão Ambiental geralmente cria um departamento de meio ambiente para atender às exigências legais e controlar seu potencial de impacto ambiental. Ou seja, a empresa opera de forma reativa e procura evitar os riscos ambientais.

Por outro lado,  com a implantação de um sistema de gestão ambiental a empresa passa a operar de forma estratégica em relação ao meio ambiente. A ação da empresa não se limita aos riscos, pois passa a perceber também as oportunidades. O diferencial do sistema é o envolvimento da empresa como um todo e a responsabilidade ambiental é disseminada em cada setor. Quando há integração das questões ambientais, entre os setores da empresa, soluções criativas começam a surgir e a empresa começa a detectar e aproveitar as oportunidades. Seja no reaproveitamento de rejeitos, substituição de insumos, eliminação de perdas, reciclagem, economia de energia, mudanças tecnológicas, etc.

A implantação de um SGA é baseada em 03 fundamentos:

  • Base organizacional: estabelecimento de rotinas administrativas e operacionais, estrutura funcional, responsabilidade e autoridade, planejamento, recursos, etc.

 

  • Base técnica: conhecimento dos aspectos ambientais associados às atividades, instalações produtos e serviços e como controlá-los.

 

  • Base jurídica: conhecimento e atendimento dos requisitos legais e outros requisitos aplicáveis à organização.