19 December, 2018

Para Refletir

ndio.png

O trânsito é uma síntese do nosso comportamento urbano, da falta de paciência, de gentileza e da pressa em resolver tudo. Dalmo de Abreu Dallari diz “A sociedade humana é um conjunto de pessoas ligadas pela necessidade de se ajudarem umas às outras, a fim de que possam garantir a continuidade da vida e satisfazer seus interesses e desejos...” Esses sentimentos de coletividade e cooperação muitas vezes se perdem em nosso convívio social, muitas vezes na hora de dirigir.

 

Viver é um verbo, reporta uma ação, somos nós os sujeitos dessa ação que começa individualmente e termina coletivamente. É assim a vida em sociedade. Falar de gentileza urbana é falar de educação ambiental, afinal, a cidade é o ambiente que concentra a maior parte de nossa população e aqui todo mundo tem direito igual.

 

 

Os curiosos atrapalham o trânsito
Gentileza é fundamental

Não adianta esquentar a cabeça
Não precisa avançar no sinal

Dando seta pra mudar de pista
Ou pra entrar na transversal

Pisca alerta pra encostar na guia
Pára brisa para o temporal

Já buzinou, espere, não insista,
Desencoste o seu do meu metal

Devagar pra contemplar a vista
Menos peso do pé no pedal

Não se deve atropelar um cachorro
Nem qualquer outro animal

Todo mundo tem direito à vida
Todo mundo tem direito igual

Motoqueiro caminhão pedestre
Carro importado carro nacional

Mas tem que dirigir direito
Para não congestionar o local

Tanto faz você chegar primeiro
O primeiro foi seu ancestral

É melhor você chegar inteiro
Com seu venoso e seu arterial

A cidade é tanto do mendigo
Quanto do policial

Todo mundo tem direito à vida
Todo mundo tem direito igual

Travesti trabalhador turista
Solitário família casal

Todo mundo tem direito à vida
Todo mundo tem direito igual

Sem ter medo de andar na rua
Porque a rua é o seu quintal

Todo mundo tem direito à vida
Todo mundo tem direito igual

Boa noite, tudo bem, bom dia,
Gentileza é fundamental

Pisca alerta pra encostar na guia
Com licença, obrigado, até logo, tiau.”



Letra da música Rua da Passagem (trânsito) - Lenine

Composição: Arnaldo Antunes / Lenine